FANDOM


Não confunda com o filme Aquaman.
"Meu pai era faroleiro. Minha mãe era rainha. Nem eram pra terem se conhecido... mas o amor deles salvou o mundo. Eles me tornaram o que eu sou. Um filho da terra, um rei dos mares. Sou o protetor das profundezas. Eu sou... o Aquaman."
―Arthur Curry[fonte]

Arthur Curry, nascido com o nome Atlante Orin, e conhecido como o membro da Liga da Justiça Aquaman, é um Atlante e herdeiro do trono da civilização de Atlântida. Enquanto viveu isolado no mundo da superfície entre os humanos, ele foi recrutado por Bruce Wayne para uma liga que teve o propósito de acabar com a invasão do Lobo da Estepe na Terra.[1]

Enquanto esteve na Liga, Arthur ajudou com o renascimento do Superman e parou a invasão dos Parademônios do Lobo da Estepe. Com tudo resolvido, Arthur decidiu lutar para assumir seu lugar de direito no trono de Atlântida.[1][2]

Biografia

Início da vida

"Meu pai foi um faroleiro. Minha mãe foi rainha. Mas a vida, dá um jeito de unir as pessoas."
―Arthur Curry[fonte]
Arthur Curry bebê

Arthur Curry bebê.

Orin, ou Arthur Curry, nasceu no dia 29 de janeiro de 1979,[3] filho de Thomas Curry e Atlanna, sendo um híbrido de humano-Atlante. Como rainha de Atlântida, sua mãe teve que retornar a cidade sub-aquática e deixar Arthur sob os cuidados de Thomas. Antes de ir, ela lhe deixou seu tridente e saiu com a crença que Arthur um dia, uniria os povos da superfície com os Atlantes um dia.[2]

Infância e descoberta dos poderes

Aquaman desperta sua herança Atlantica

Arthur deserta seus poderes Atlantes.

Em um dia, numa viagem escolar a um aquário, Arthur foi confrontado por dois valentões, o implicando por "estar falando com peixes". Em resposta a isso, os tubarões no aquário quase quebraram o vidro em defesa de Arthur. Em seguida, seus olhos começaram a ficar amarelos, e sua parte Atlante começou a se mostrar ativa.[2] A partir daí, os poderes de Arthur começaram a surgir, e ele se tornou cada vez mais hábil com eles.

Treinamento com Vulko

Aos 13 anos, Nuidis Vulko, antigo amigo de Atlanna e leal a ela (que também já sabia sobre Arthur), encontrou o garoto para lhe contar mais sobre seu passado e herança. Ele o treinou e o fez passar por diversos desafios, até o dia em que Arthur descobriu que sua mãe havia sido executada pelo rei Orvax, que também descobriu sobre a existência de um possível herdeiro do trono. Orin se culpou pela morte de sua mãe, e eventualmente se afastou de Vulko.[2]

Descoberto pela N.S.A.

Aquaman nos arquivos da LexCorp

Arthur descoberto pela N.S.A.

Lex Luthor, em uma tentativa de provar a existência de meta-humanos, descobriu a existência de Arthur ao invadir uma rede da N.S.A., que o levou a um vídeo gravado por drones que revelava a existência de Arthur e a natureza de seus poderes. Futuramente, o dispositivo de Lex que continha o vídeo seria roubado por Bruce Wayne, que descobriria a existência de Arthur também.[4]

Monitorado pela A.R.G.U.S.

Aquaman nos arquivos da A.R.G.U.S.

Arthur nos arquivos da A.R.G.U.S.

Após sua Força-Tarefa X retornar do confronto contra Magia e Incubus em Midway City, Amanda Waller se encontrou com o bilionário Bruce Wayne, que havia demonstrado muito interesse pelos meta-humanos, e pediu para Waller informações de outros indivíduos com grandes habilidades. Ela o entregou arquivos de informações sobre Arthur, Barry Allen e outros.[3]

Eventualmente, Arthur foi até uma vila no norte do Canadá, onde o povo foi "abandonado" pelos outros. Durante o inverno, e a fome chegava, Arthur os trazia peixes, e cuidava de lá, onde ficou conhecido como "Aquaman".[1]

Formando a Liga

Conhecendo Wayne

"Você se veste de morcego. Você é louco Bruce Wayne!"
―Arthur para Bruce[fonte]
Arthur conhece Bruce Wayne

Arthur Curry conhece Bruce Wayne.

Seguindo a morte do Superman. Bruce Wayne, secretamente conhecido como o vigilante de Gotham "Batman", foi atrás do "Aquaman", perguntando sobre ele em um bar. Arthur estava lá como uma espécie de tradutor para o dono do bar. Bruce ofereceu dinheiro para informações, e perguntou sobre pinturas na parede do local: três Caixas Maternas que foram confiadas aos humanos, Atlantes e Amazonas após a expulsão do Lobo da Estepe e os Parademônios da Terra. Arthur se irritou com a quantidade e a natureza das perguntas e atacou Bruce, que logo percebeu a real identidade de Arthur, o próprio Aquaman.[1]

Bruce: "Ouviu falar do Superman? Ele morreu lutando ao meu lado."
Arthur: "Exatamente o que eu disse."
—Bruce tentando convencer Arthur a se unir a ele[fonte]

Ele tentou convencer Orin a se unir a uma liga que estava organizando, com outros meta-humanos, porém o Atlante preferiu ficar longe de Bruce, principalmente após saber que Superman morreu lutando ao lado de Batman, e então sumiu no mar.[1]

Lutando contra o Lobo da Estepe

"Seria responsabilidade dela seguir o monstro até a superfície e impedi-lo. Agora, ela é sua."
Mera para Aquaman[fonte]
Aquaman contra o Lobo da Estepe

Aquaman contra o Lobo da Estepe.

Após resgatar um marinheiro prestes a se afogar, Arthur foi avisado pelo mesmo sobre um meteoro que caiu no mar, e logo percebeu uma gosma verde em sua mão. Temendo que algo estivesse perto de Atlântida, ele nadou o mais rápido que pôde de volta para casa.[1]

Chegando lá, Arthur presenciou alguns soldados mortos e Mera lutando contra o lendário Lobo da Estepe. O Atlante tentou enfrentá-lo, porém a Caixa Materna Atlântica foi roubada do mesmo jeito. Mera tentou convencer Arthur que sua mãe não era a pessoa ruim que ele imagina, que não havia o abandonado ou algo do tipo. Ela havia sido forçada por suas responsabilidades a ficar, e teria sido a pessoa responsável por ir atrás do Lobo se estivesse ali, mas como não estava, a responsabilidade cai sob Arthur, que pegou a armadura Atlante e o tridente de sua mãe para tentar recuperar o que foi perdido.[1]

Salvando a Liga

Após se preparar, Arthur foi logo atrás de Wayne e sua Liga, que enfrentavam o Lobo da Estepe em túneis subterrâneos, embaixo do rio que ligava Gotham City e Metrópolis. Arthur os salvou de serem levados pela água, que havia entrado nos túneis, e fez eles ganharem tempo para fugir.[1]

"Heh. Vestido de morcego. Gostei!"
―Aquaman para o Batman[fonte]
Vestido de morcego

Aquaman conversa com Gordon e Batman.

De volta a superfície, Victor Stone, o Ciborgue, foi buscar a última Caixa Materna que faltava (que estava na posse de seu pai, Silas Stone). Arthur volta a se encontrar com Bruce, desta vez vestido de Batman. De volta a Batcaverna, Arthur e a Liga se preparavam para outra investida contra o Lobo da Estepe. Ele só precisava da Caixa Materna na posse deles, mas já tinha um exército muito poderoso a sua disposição mesmo sem ela. Bruce então deu a ideia de usarem o impulso da Caixa para ressuscitar Superman, e apesar de Diana discordar, eventualmente foram convencidos pelo bilionário.[1]

Enquanto Barry Allen (Flash) e Victor desenterravam o corpo de Clark Kent (Superman), no cemitério de Smallville, Arthur, Batman e Mulher-Maravilha (Diana) limparam o caminho dentro da nave Kryptoniana em Metrópolis, já que precisariam da câmara de regeneração dela.[1]

Trazendo o Superman de volta

A Liga de frente com Superman

A Liga prestes a enfrentar Superman.

Ciborgue: "Arthur, relaxa. Sua adrenalina tá disparando."
Aquaman: "Porque ele não tá normal!"
—Ciborgue tenta acalmar Aquaman[fonte]

Com tudo pronto, eles concluíram com sucesso seu plano e Superman foi trago de volta, porém confuso. Arthur ficou nervoso com a maneira dele agir, enquanto a armadura do Ciborgue ativou automaticamente um modo de defesa, atacando Kal-El e deixando-o mais irritado. Isso iniciou uma luta onde Superman derrotou todos os membros da Liga, mas foi acalmado após rever Lois Lane, indo embora do campo de batalha. Durante isso, o Lobo da Estepe roubou a última Caixa Materna, forçando a Liga a se apressar em encontrá-lo.[1]

Ciborgue conseguiu localizá-lo no norte da Rússia, em uma parte pobre do país. Lá, várias pessoas inocentes e pobres poderiam perder rapidamente a vida, forçando a Liga a se apressar. Arthur chegou a discutir novamente com Ciborgue, acreditando que ele poderia ser uma espécie de espião para o inimigo (por ter sido "ressuscitado" por uma Caixa Materna). Bruce conseguiu acalmá-los antes de irem.[1]

Batalha na Rússia

A Liga se prepara para a Batalha

A Liga se prepara para a batalha.

"Se abrir o bico sobre isso moleque, vai virar comida de piranha."
―Aquaman para Flash[fonte]

No caminho para a Batalha na Rússia, Aquaman revelou o quanto estava com medo para a equipe, se abrindo com eles e falando de seus sentimentos, até perceber que estava sentado no laço de Hestia de Diana. Furioso, ele deixou o local até a chegada.[1]

Ao descerem do Flying Fox, Batman pediu para esperá-lo abrir o escudo do Lobo e entrarem com tudo. Ao fazer isso, a nave do Morcego foi destruída por Parademônios, que seguiram seu Batmóvel. Arthur foi convencido por Diana a dar assistência a Bruce.[1]

A Liga da Justiça

A Liga da Justiça.

Tendo terminado com os Parademônios, a Liga se dirigiu ao Lobo da Estepe, que conseguiu conter os membros com dificuldade. A situação se inverteu então quando Superman apareceu, de volta com consciência. Juntos, eles separaram as três Caixas Maternas e derrotaram Lobo, que ao entrar em pânico, foi levado pelos próprios Parademônios para fora da Terra.

Se tornando o Rei dos Atlantes

Ataque no Submarino

Mera: "Seu meio-irmão, o Rei Orm, está prestes a declarar guerra contra o mundo da superfície. O único jeito de parar essa guerra e salvar os dois mundos é assumindo seu lugar de direito como Rei."
Arthur: "Vai por mim, eu não sou rei."
Mera e Arthur Curry[fonte]

Após a invasão do Lobo da Estepe à Terra, Arthur continuou a proteger os mares, com o tempo seus feitos se tornaram públicos por múltiplas testemunhas fazendo o "Aquaman" se tornar ainda mais conhecido, embora ele não gostasse muito do nome. A existência do Aquaman chamou a atenção de múltiplos piratas tais como David Kane. O Dr. Stephen Shin se tornou obcecado pelo Aquaman, no qual o via como a prova de que Atlântida era real.[2]

Cerca de um ano depois, Arthur interceptou um grupo de piratas que estavam tentando sequestrar um submarino. Ele levantou o submarino e entrou nele para lutar contra os saqueadores. Arthur passava pelo submarino e utilizava-o em seu favor para abater os criminosos. Ele então libertou os reféns, apenas para ser atacado por David Kane, um membro dos piratas que o identificou como o Aquaman.[2]

Arthur saindo do submarino

Arthur saindo do submarino.

Arthur lutou contra David, onde ele conseguiu quebrar sua adaga. Antes de Arthur derrotar David, ele encontrou Jesse Kane, o pai de David. Jesse tentou atirar em Arthur com um lançador de granadas, sem efeito em Arthur, que se levantou e empalou Jesse com um cano. Enquanto Arthur se afastava Jesse, com raiva, disparou outra granada, dessa vez errando o alvo e acertando no submarino em si, o inundando-o logo depois. Arthur, ao escapar do submarino, se encontrou com David, que pediu sua ajuda para salvar seu pai, mas o Aquaman decidiu deixá-lo a seu destino pelas vidas que eles haviam tirado anteriormente.[2]

Arthur abraçando seu pai

Arthur abraçando seu pai

Depois do ataque no submarino, Arthur se encontrou com seu pai Thomas Curry no farol, onde os dois se cumprimentaram. Logo depois eles foram a um bar para beber. Enquanto assistiam a um noticiário que reportaram sobre um submarino que Arthur salvou, os dois começaram a conversar sobre Atlântida, mas foram interrompidos por fãs que queriam tirar fotos com Arthur.[2]

Duelo no Anel de Fogo

Quando Arthur e Thomas saíram do bar, o jovem foi recebido por Mera, que saiu de Atlântida para encontrá-lo e dizer-lhe da situação do lugar e como Orm Marius estava assumindo o trono e planejando algo grande contra a superfície. Arthur se recusou deixando Mera na praia. A caminho de casa, ele notou que havia uma onda gigante vindo em sua direção, atingindo o carro com seu pai dentro, mas Mera conseguiu aparecer para ajudar Arthur a encontrar e salvar Thomas.[2]

Arthur, Mera e Nuidis Vulko

Arthur, Mera e Nuidis Vulko falando sobre o tridente de Atlan.

Arthur relutantemente acompanhou Mera à Atlântida, onde eles se encontram com Nuidis Vulko, antigo mestre de Arthur que o ensinou a usar seus poderes no passado. Arthur foi informado sobre Orm, seu meio-irmão e como ele planejava se vingar da superfície pelos maus-tratos que causavam aos mares. A onda que atingiu Arthur atingiu o mundo inteiro, e levavam com ela lixos marinhos. Logo depois, ele conhece mais sobre a história de Atlântida e Nuidis afirma que precisavam encontrar o tridente de Atlan: um artefato mágico que pertenceu ao Rei Atlan, só assim Arthur poderia reivindicar seu lugar de direito como rei. Logo, eles forão emboscados pelos soldados de Orm. Arthur conseguiu segurá-los enquanto Mera e Vulko escapavam, mas Arthur foi eventualmente subjugado e capturado pelos guardas.[2]

Arthur falando com Vulko

Arthur conversa com Nuidis Vulko.

Ao acordar, Arthur se vê acorrentado e é recebido por Orm, que anuncia que Atlanna foi executado pelo crime de ter um filho mestiço e culpa Arthur e a superfície pela morte dela, o que enfureceu Arthur ao ponto de puxar suas correntes com tanta força que todos os guardas reais mal conseguiram mantê-lo parado. Orm ofereceu a Arthur a oportunidade de partir para sempre, mas Arthur o desafiou para um duelo em um anel de lava submarina conhecido como Anel de Fogo. Antes do duelo, Arthur foi recebido por Vulko que o advertiu sobre Orm ser mais experiente em combate submarino.[2]

Arthur e Orm na briga

Arthur se preparando para lutar contra Orm.

Arthur entrou no Anel de Fogo, com Orm o esperando. O atual rei mais uma vez daria a Arthur a chance de viver pedindo a ele que deixasse a Atlântida para sempre e nunca mais voltasse e deixou claro que, se ele não o fizesse, iria derrotá-lo e matá-lo. Arthur no entanto não se intimidou e se recusou a aceitá-lo, dizendo a Orm que não o deixaria destruir o mundo da superfície. No duelo Arthur, apesar de travar uma boa luta, é claramente pressionado pela maior experiência de seu meio-irmão em combate submarino e Orm repetidamente ganha vantagem, quase matando Arthur em um ponto quase forçando-o na lava e finalmente alcançando uma estátua. Arthur foi derrotado por Orm e seu tridente foi quebrado no combate. Sem armas e incapaz de lutar, o Aquaman conseguiu ser salvo por Mera (que até então ainda estava disfarçada como noiva de Orm) e ambos fogem de Atlântida pela boca de uma baleia, na qual Arthur conseguiu conversar.[2]

Se tornando digno do Tridente de Atlan

Arthur e Mera no Saara

Arthur e Mera andando no deserto do Saara.

"Eu não sou ninguém. Eu vim porque não tive escolha. Eu vim salvar a minha casa, e as pessoas que eu amo."
―Arthur Curry para Karathen[fonte]
Os dois escaparam de Orm e seus homens, escondendo-se dentro da boca de uma baleia. Juntos, Arthur e Mera voam até o deserto do Saara, pulando do avião quando chegam ao destino. Os dois encontraram e desbloquearam uma mensagem holográfica de Atlan, que lhes diz para ir à Sicília.[2]
Arthur sendo caçado pelo Arraia Negra

Arthur esquivando-se dos raios de plasma do Arraia Negra.

Arthur e Mera encontram a localização do Tridente e estarvam prontos para atacar o Arraia Negra e os homens de Orm. Inicialmente superando o Arraia Negra, Arthur percebeu que ele era o mesmo pirata do submarino que tentou esfaqueá-lo anteriormente. Quando Arraia Negra então revelou que ele tinha adquirido armas feitas de aço atlante, assim sendo capaz de feri-lo, Aquaman foi pego de surpresa e embora ele ainda fosse capaz de lutar contra seu implacável ataque brutal, ele também tinha que manter inocentes a salvo da batalha, assim sendo incapaz de se concentrar inteiramente em derrotar o Arraia Negra, ficando gravemente ferido. Felizmente, Arthur foi capaz de resistir a ser perfurado por um anzol feito de aço atlante, que era longo o suficiente para usá-lo para impulsioná-lo até o Arraia Negra para ele arremessar no Arraia Negra com toda a sua força, danificando o seu traje. Ele finalmente o derrotou jogando um par de bolas de pedra acorrentadas diretamente no elmo do Arraia antes que ele disparasse outra rajada de plasma, que jogou David Kane de um penhasco abaixo. Com o Arraia Negra finalizado, Arthur percebeu que Orm está rastreando-os e Mera destrói o dispositivo, que era a pulseira que Orm deu a ela.[2]

Arthur e Mera no Fosso

Arthur e Mera escapando das criaturas do Fosso.

Mera tratou das feridas de Arthur enquanto viajavam para o paradeiro do tridente e encorajou-o a abraçar seu destino tanto como herói e como rei. Artur sentiu que o modo de agir do Arraia Negra era sua culpa, pois ele voluntariamente preferiu deixar o pai de David morrer quando teve a chance de salvá-lo. Mera assegurou a Arthur que Arraia Negra não era mais um problema, mas Arthur permaneceu cauteloso se esss não era a última vez em que o veriam. Chegando ao seu destino, Arthur e Mera são atacados por uma legião de monstros anfíbios conhecidos como as criaturas do Fosso, mas eles conseguiram afastá-los usando tochas para assustá-los com luzes brilhantes e alcançar um buraco de minhoca que os transporta para o Mar Escondido, que está localizado no centro da terra.[2]

Lá, eles são inesperavelmente encontram Atlanna, que aparentemente foi sacrificada no Fosso por seus crimes, mas conseguiu escapar deles e alcançou o mar desconhecido, onde ela ficou presa desde então.[2]

Aquaman na roupa clássica

Arthur se torna digno do Tridente de Atlan

Arthur entra na caverna onde se depara com Karathen, que é o leviatã mítico que protege o tridente, e expressa sua determinação em proteger tanto a Atlântida quanto a superfície, antes que Karathen pudesse matá-lo, ele se comunicaria com ela, o que lhe surpreende e permite Arthur obter o tridente e provar que ele é digno de recuperá-lo, que lhe concede controle sobre os sete mares.[2]

Rei dos Atlantes

Batalha da Salmoura

Arthur e Mera beijo

Arthur e Mera compartilham um beijo.

Orm: "Piedade não é nossa lei!"
Arthur: "Não sei se já reparou, irmão. Mas eu não sou um de vocês"
Orm: "Termine! ME MATE!"
―Orm e Arthur[fonte]

Em meio à enorme batalha entre o Reino da Salmoura e as forças de Orm, quando Orm derrota o Rei Brine e está prestes a matá-lo, ele é interrompido por Aquaman e Karathen, ambos saindo do fundo do mar. Com seu comando de toda a vida marinha, Aquaman transforma os corcéis da Atlântida contra eles e convoca numerosas criaturas do mar para ajudá-lo. Ele então depois compartilha um beijo com Mera.[2]

Aquaman é o novo rei

Aquaman se tornando o rei de Atlântida.

O último duelo entre Aquaman e Orm os leva no topo de uma embarcação atlante ao ar livre. Depois de uma longa batalha, Aquaman quebra o Tridente de Orm, mas Orm permanece desafiador e exige que seu meio-irmão o mate, até que então Atlanna chega, convencendo-o a se render. Os membros de todos os reinos comemoram e saúdam seu novo rei.[2]

Poderes e habilidades

"Arthur Curry. Também conhecido como Protetor dos Oceanos. O Aquaman. Eu soube que fala com peixes."
Bruce Wayne[fonte]

Sendo um híbrido de humano e Atlante, Arthur tem grandes poderes e capacidades físicas, principalmente embaixo d'água, onde tem grande vantagem sobre os inimigos.

  • Super força: Arthur tem uma força sobre-humana enorme, podendo realizar grandes feitos. Ela é maior embaixo d'água, podendo lutar contra o Lobo da Estepe de igual-para-igual em Atlântida. Aparentemente, grande parte de sua super força está nas pernas, dando-lhe uma enorme velocidade para nadar em baixo d'água.
  • Super resistência: A resistência de Orin é enorme também, ele dura mais que um humano comum mesmo na superfície graças a suas células Atlante, e embaixo d'água é ainda mais duradouro.
  • Super velocidade: Embaixo d'água, Aquaman pode se mover rapidamente. Ele não sente o peso que água exerceria sob um humano comum, e pode se mover tão facilmente quanto na superfície. Além disso, graças a sua super força nas pernas, ele pode nadar em uma velocidade incrível.
    • Super reflexos: Habilidade que Arthur possui tanto na superfície quanto em baixo d'água. Ele possui reflexos impecáveis, mostrado principalmente em sua luta contra um Parademônio, onde Aquaman o empalou no peito enquanto caiam.
  • Super destreza: Arthur possui uma grande destreza, e grande análise de terreno no meio da luta. Graças a seus reflexos, sua destreza o ajuda a calcular ângulos, distância, velocidade e trajetória de objetos com extrema precisão.
  • Comunicação marinha: Aquaman pode se "comunicar" telepaticamente com seres marinhos. De acordo com Arthur, é a água que fala com os seres, e não ele, mas ele demonstrou controle com essa habilidade desde criança.
  • Adaptação Atlântica: Arthur pode andar tanto na superfície quanto embaixo d'água sem nenhum problema, graças a sua mistura genética e a fácil adaptação Atlante em lugares diferentes de seu habitat natural.

Equipamentos

  • Traje do Aquaman: Após encontrar o Tridente de Atlântida, Arthur pegou um traje junto a arma. Ele contém calças, botas e luvas verdes, e o traje em si laranja com várias escamas. Logo após, ele usou seu alter-ego 'Aquaman'.

Armas

Equipamento antigo

  • Armadura Atlante real: Depois do ataque do Lobo da Estepe em Atlântida, Orin usou a armadura real dos Atlantis para enfrentar ele e seus Parademônios ao lado da Liga da Justiça.
  • Tridente de Atlanna: Tridente usado pela rainha Atlanna e agora por ser filho, Orin. Aquaman o usa para suas batalhas e tem grande utilidade para o Atlante. É uma das poucas armas que pode ferir alguém como Superman sem a Kryptonita,[5] além disso, pode ajudar o Aquaman a controlar a água dos oceanos, rios e outros.
  • Armadura de gladiador do Aquaman: Durante sua batalha contra Orm para o trono de Atlântida, Arthur usou uma armadura de batalha para enfrentá-lo. Depois de escapar de Atlântida, ele parou de usar a armadura.

Relacionamentos

Família

Aliados

Inimigos

Curiosidades

  • Aquaman é baseado em um personagem de mesmo nome da DC Comics. Ele é o rei de Atlântida e protetor dos oceanos.
  • Arthur estava sendo observado pela A.R.G.U.S. desde os 20 anos de idade.[3]
  • As tatuagens tribais Atlânticas foram baseadas nas próprias tatuagens Polinesiana de Jason Momoa.[6]
  • De acordo com Jason Momoa, Aquaman é o único personagem na Liga da Justiça que é "meio-humano, meio deus".
  • Tanto Bruce, quanto Arthur, tem pais com o nome de Thomas.
  • Está é a primeira versão do Aquaman que não é exatamente loiro, apesar de seu cabelo ter mechas loiras.
  • Arthur Curry é destro.

Links externos

Há uma galeria de imagens para Orin. DC Comics 2016 logo

Referências

  1. 1,00 1,01 1,02 1,03 1,04 1,05 1,06 1,07 1,08 1,09 1,10 1,11 1,12 1,13 Terrio, Chris, Whedon, Joss (escritores) & Snyder, Zack (diretor) (17 de novembro de 2017). Justice League.
  2. 2,00 2,01 2,02 2,03 2,04 2,05 2,06 2,07 2,08 2,09 2,10 2,11 2,12 2,13 2,14 2,15 2,16 2,17 2,18 Beall, Will, Wan, James, Johns, Geoff (escritores) & Wan, James (diretor) (21 de dezembro de 2018). Aquaman.
  3. 3,0 3,1 3,2 Ayer, David (escritor e diretor) (5 de agosto de 2016). Suicide Squad.
  4. Goyer, David S., Terrio, Chris (escritores) & Snyder, Zack (diretor) (25 de março de 2016). Batman v Superman: Dawn of Justice.
  5. The Mary Sue. Zack Snyder defende a honra do Aquaman (em Inglês). Página visitada em 16/09/2018.
  6. Aquaman: Primeiras impressões exclusivas pela CW (em Inglês). Página visitada em 16/09/2018.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.